Folha do Juruá Cruzeiro do Sul, Acre,
Folha do Juruá Cruzeiro do Sul, Acre,
Cruzeiro do SuldestaqueGeralPlantão notíciasSaúde

Médicos do Hospital do Juruá decidem encerrar contrato por atraso de salários

Em um comunicado divulgado no início da noite desta quinta-feira, 6, o Sindmed, sindicato que representa a categoria dos médicos do estado do Acre, anunciou o encerramento definitivo docontrato de prestação de serviços com Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul – AC.

Leia a nota:

“Boa noite, em assembléia geral das empresas médicas realizada às 18 :00 h do dia 05/12/2018, a maioria presente decidem, em virtude da falta de compromisso da SESACRE com as pessoas que precisam de assistência Médica NO VALE DO JURUÁ e Entorno;
Em virtude da falta de repasse de recursos financeiros para a gestora do HRJ, cujo compromete a assistência ao cidadão e cidadã que residem na área assistida pelo Hospital do Juruá.
A atitude da SESACRE em não assumir suas responsabilidades contratuais trás prejuízos a população, além de por em risco a saúde daqueles que procuram o hospital.
Infelizmente a SESACRE deve a gestora do hospital do Juruá treze milhões de reais, equivalente a mais de 4 meses sem repasse do Estado para a ANSSAU, a falta de recursos afeta diretamente a qualidade da assistência médica, reflete na falta de medicamentos, insumos, material cirúrgico, ortopédico, na qualidade da alimentação, etc. As empresas prestadoras de serviços médicos para a ANSSAU, estão há 2 meses sem receberem o serviço que já foi prestado, em virtude do que foi exposto decidem:
1 – Encerrar o contrato vigente de prestação de serviço médico, o qual poderá ser renovado e retorno a integralidade dos serviços prestados, após a efetivação do pagamento do mês de outubro e novembro.
2- Reduzir o número de profissionais médicos a 30%.
3- Manter o atendimento de urgência e emergência.
4- Manter a suspensão de todos os serviços eletivos e não esseciais, prestados pelas empresas médicas.
5- O laboratório atenderá apenas internados e urgência e emergência cirúrgicas e clínicas.
Essa foi a decisão das empresas médicas”, divulgou.

Ocidental FM.

Send this to a friend