Folha do Juruá Cruzeiro do Sul, Acre,
Folha do Juruá Cruzeiro do Sul, Acre,
ArtigosGeralPlantão notíciasPolíticaPolítica com K

Justiça Eleitoral promete linha dura contra crimes na internet durante a campanha eleitoral

Na semana, Alexandre Basílio Coura, professor de propaganda eleitoral com ênfase em internet, analista jurídico do TRE do Rio Grande Sul, esteve em Rio Branco para abordar um tema que será recorrente nas eleições desse ano: noticias falsas na internet.

Agora será que o TRE, vai também proibir, que, candidatos preguem promessas mentirosas nas redes sociais, ou só vai ser penalizado o internauta, propaganda enganosa também é crime, o TER, tem o dever de punir e casar o registro de políticos que fazem promessas e não cumprem com a população nas redes sociais.

Convidado pelo TRE/AC, o especialista falou da estratégia de manipulação da informação falsa que um fake news provoca. Ele disse que o conteúdo inveridico lançado na rede mundial de computadores tem um efeito devastador e é propagado numa velocidade capaz de causar grandes estragos.

Segundo ele, existem no Brasil, empresas que usam tecnologias com emprego de robôs para o impulsionamento de mensagens nas redes sociais, conhecidos como bolts.

¨ Os bolts tem capacidade de automatizar tarefas para públicos específicos, tipo jovens com até 25 anos, faixa etária que mais utiliza as redes sociais¨, disse na ocasião.

A vinda do especialistas ao estado, mostra a preocupação do TRE/Ac e combater e controlar os conteúdos falsos publicados na internet.

¨ As eleições deste ano serão uma das mais complicadas dos últimos tempos¨, disse a presidente do TRE/Ac, desembargadora Regina Longuini.

Para fazer frente a essa rede que planta noticiais falsas, o Tribunal Superior Eleitoral criou no fim de 2017 um Conselho Consultivo sobre internet e eleições. COm11 integrantes, o órgão inclui aa Justiça Eleitoral, Governo Federal, Exército e Sociedade Civil, que terá como principal papel, o combate a fake news.

Dentro do TSE também vai funcionar um grupo especifico de combate as noticias falsas. Esse trabalho foi uma determinação do ministro Luiz Fux, que assumiu a corte em fevereiro e incluiu no grupo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

No Acre, antes mesmo da campanha eleitoral começar, já foram registradas ocorrências de fake news, tendo como alvo os dois principais pré candidatos ao governo do estado.

O TRE/AC informou que vai aguardar a criação de normas por parte do TSE para aplicar as mesmas regras nas eleições no estado.

Tags : Destaque

Send this to a friend